JOGA COMO PALMEIRAS, GANHA COMO PALMEIRAS

Verdão não se intimida, encara Grêmio/RS de frente e volta do Sul com excelente resultado

Muita gente me pergunta se o que escrevo diariamente neste site chega ao conhecimento de jogadores, membros da Comissão Técnica e dirigentes do Palmeiras. Muito embora ninguém no clube admita, nestes mais de sete anos em que mantenho esta página no ar já tive inúmeras provas de que sim. E hoje vi mais uma delas.

Bigode: um exemplo de como se deve jogar no Palmeiras

Há exatamente uma semana, logo após nossa derrota em BH, escrevi o seguinte: “Perder para o Cruzeiro/MG, no Mineirão, é um resultado normal. O que não é normal é perder, seja lá pra quem for, abdicando de jogar”. E o que vimos nesta quarta-feira, na gelada Porto Alegre/RS? Um Palmeiras aguerrido, ciente de seu gigantismo, que respeitou o adversário apenas na medida em que ele sempre o faz por merecer e que, sobretudo, em nenhum momento deixou de buscar a vitória. É claro que também poderíamos ter perdido – afinal, à nossa frente estava a equipe que melhor joga futebol no Brasil neste momento -, mas a verdade é que também poderíamos ter obtido uma histórica goleada (ou ninguém se lembra das duas bolas que Willian Bigode chutou nas traves?).

Por falar no atacante, ele merece um elogio à parte. Menos até pelos dois gols que fez, por sinal dois belos gols, mas sim pela forma como veste a nossa camisa. Ele sabe que não é craque, sabe que não é centroavante, sabe que possui algumas limitações. Mas, sobretudo, sabe que pode amenizar tais problemas, ou até mesmo os anular, atuando em prol da equipe. Por isso não se incomoda de comandar o nosso ataque mesmo sem ser um comandante de ataque, por isso faz muitos gols mesmo sem ser um “fazedor” de gols, por isso leva o Verdão a vitórias mesmo sem ser o principal responsável por tal tarefa.

Mas voltemos a falar sobre a maneira como o Palmeiras jogou hoje. Mesmo sem meio time titular (desfalcaram a equipe Antônio Carlos, Edu Dracena, Diogo Barbosa, Borja e Keno), o técnico Róger Machado, enfim, entendeu que um mudança, ainda que tênue, no esquema tático poder-nos-ía ser benéfica. Assim, ao optar por Hyoran mais aberto pela direita, manteve parte das jogadas ofensivas pelo setor e, ao mesmo tempo, deu a Moisés um companheiro para, vez ou outras, armar o jogo pelo meio. Não à toa, foi dos pés do jovem e promissor talento que partiu a bola saiu o lançamento para o segundo gol.

Este resultado acaba “pagando” a derrota que sofremos em casa para o Sport do Recife/PE, e por dois motivos: o primeiro é que o Tricolor gaúcho é um dos principais favoritos à conquista do título do Brasileirão (e, portanto, um dos nossos adversários mais diretos), e o segundo é que serão poucas as equipes que irão à Arena gremista e de lá voltarão com um bom resultado. Ou seja: se existem jogos de seis pontos, este foi um deles.

Em síntese, amigo palmeirense: sempre que jogar como Palmeiras, o Palmeiras terá mais chances de vencer.

JAÍLSON – 6,5
MUITO BOM

MARCOS ROCHA – 6
BOM

LUAN – 5,5
SATISFATÓRIO

THIAGO MARTINS – 5
REGULAR

VICTOR LUÍS – 6
BOM

FELIPE MELO – 6
  BOM

BRUNO HENRIQUE – 6
BOM

MOISÉS – 6
  BOM

HYORAN – 6,5
MUITO BOM

WILLIAN BIGODE – 9
QUASE PERFEITO

DUDU – 6,5
  MUITO BOM

RÓGER MACHADO – 6,5
MUITO BOM

THIAGO SANTOS – 6
BOM

JEAN – 5
REGULAR

LUCAS LIMA – 5
REGULAR

Créditos Fotos: César Greco/AG. Palmeiras


CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

10 – DIVINO
9,5 – PERFEITO
09 – QUASE PERFEITO

8,5 – EXCELENTE
08 – EXCELENTE
7,5 – ÓTIMO
07 – ÓTIMO
6,5 – MUITO BOM
06 – BOM
5,5 – SATISFATÓRIO
05 – REGULAR
4,5 – RUIM
04 – MUITO RUIM
3,5 – PÉSSIMO
03 – PÉSSIMO
2,5 – VERGONHOSO
02 – VERGONHOSO
1,5 – MEDONHO
1,0 – MEDONHO
0,5 – ENOJANTE
00 – ENOJANTE

35 Responses to JOGA COMO PALMEIRAS, GANHA COMO PALMEIRAS

  1. gleimar.luciano

    Marcio, boa tarde.

    Confesso que tive medo que o time perdesse, até porque, do outro lado
    estava o Grêmio que um tinha muito bom, e muito bem dirigido.

    Resolvi assistir assim mesmo ao lado de meu filho e esse foi, sem dúvidas,
    o melhor jogo do time no ano.

    Um time “marrudo”, que não pedia divididas, que se lançou constantemente
    ao ataque sem descuidar da defesa e que demonstrou que pode , sim,
    ser campeão, se continuar jogando deste modo.

    Tomara que continue com esse espírito e essa pegada. Valeu a pena assistir.

    Um abraço.

    Gleimar

  2. Roberto Alfano

    Bom dia, falou tudo caro Trevisan, como da gosto ver um jogo feito pelo Palmeiras, e isto que a nossa torcida quer.

    Vamos brigar pela liderança, temos elenco para tal.

    Força Verdão.

    Abraço.

  3. Júnior Colletti

    Bom dia!

    Como sempre, Márcio tem o dom em fazer títulos que resumem o que foram as partidas. Parabéns!

    E eu digo, sem medo de errar, que este foi o melhor jogo da temporada brasileira que assisti no ano. O segundo contra o Boca também muito bom, mas, este foi contra um adversário em nosso mesmo patamar técnico. Transição, equipes buscando o gol a todo momento, jogadas individuais de muita habilidade de ambos os lados. Pra mim, seria uma eventual derrota em que não ficaria triste.

    E é isso, jogando assim, com empenho, garra, a torcida sempre irá junto com o time, dando o espetáculo das arquibancadas e se fazendo ouvir em qualquer estádio.

    Sobre os jogadores, souberam dar a resposta pra nós, seus pagadores de salários. Porém, endossaram ainda mais a tese do Márcio, ou seja, de que jogador de futebol só corre quando interessa. Não pode ser assim: 02 pontos perdidos pra Chape; 03 para o Sport; 01 que não tirou do Cruzeiro= 06 pontos perdidos de maneira fácil. O diferença para o hoje líder do campeonato. Sorte que eles preferem o cheirinho, mas, estes pontos farão muita falta.

    Grande abraço.

  4. Mauro Zamoura

    Espero que contra o Ceará mantenham a mesma pegada e comprometimento. É isso que a torcida quer,que se doem em campo.

    • Márcio Trevisan

      Não só contra o Ceará/CE, Mauro, mas principalmente no jogo diante do Flamengo/RJ.

      Este precisaremos ganhar de qualquer jeito.

      Abs.

  5. Márcio não é uma crítica, seu dia a dia deve ser corrido mas você foi sensacional respondendo o post anterior de alguns colegas como se o Palmeiras ainda não tivesse jogado com o Grêmio, quase que passa batido né??? Rs…

    • Márcio Trevisan

      Maciel, salve.

      É como diz aquela antiga canção da Joanna: “A falta de tempo é tamanha”.

      Obrigado pelo elogio.

      Abs.

  6. Antônio Manara

    É impressionante, mas até aqui vemos torcedores que torcem para o Palmeiras ser derrotado, para poderem festejar a queda do Roger Machado. Ontem assistimos o melhor jogo de futebol,desta temporada e graças aos dois melhores times da fase de grupos da Libertadores.

    • Mauro Zamoura

      Muito fácil dizer isso agora amigo,mas os torcedores que estavam cobrando e criticando estavam certos pois o time realmente não vinha jogando nada,aja vista o futebol horrível que apresentaram contra América MG,Cruzeiro e Sport. Aliás,foi graças a cobrança da torcida que os jogadores acordaram. Espero que não durmam de novo. É só mostrarem a mesma vontade de ontem em todos jogos que garanto que ninguém vai criticar.

    • Márcio Trevisan

      Isso é muito comum, Manara.

      E não só entre os torcedores – entre dirigentes também.

      Abs.

  7. Tanto o conceito de que perder faz parte do jogo que ontem quando tava 1 x 0 eu achei que o Grêmio fosse acabar empatando e só não o fez graças a defesa que afastou bem a bola e também por um pouco de sorte de a bola não ter espirrado e caído no pé de alguém do Grêmio, mas mesmo se tivessem empatado eu não teria ficado nervoso com os jogadores pois empatar e perder tentando vencer eu não ligo. Falando especificamente dos jogadores, não tenho o que falar do Dudu ontem, foi muito bem no jogo. Felipe Melo, não gosto da soberba dele, se acha mais importante para o Palmeiras do que o Palmeiras para ele, mas também foi bem no jogo. Lucas Lima, como o cara decaiu, até quando vai entrar em campo, vc olha pra ele e enxerga algo estranho, parece aqueles caras que perderam tudo na vida. Hyoran é bom jogador, mas quando fica com a bola em condições de fazer driblar e fazer o gol falta personalidade pra ele, não tem coragem, se inibe e busca alguém pra tocar a bola, ontem por duas vezes teve essa condição e desperdiçou o lance por falta de confiança em si mesmo. Falta um Edmundo dentro dele.

    Mas não dá pra criticar o futebol de ninguém ontem, espero que continuem nessa pegada, é isso que queremos.

    • Márcio Trevisan

      Ed: Hyoran é um menino ainda.

      Em pouco tempo ele terá a personalidade que ainda lhe falta.

      Abs.

  8. Boa tarde a todos!

    Perfeito, Márcio….se jogar como Palmeiras, ganha como Palmeiras!!!
    Sem mais…

  9. S.E.P.PRUDENTE

    Marcio… o que vi de diferente nos ultimos dois jogos foi apenas a raça. Ainda não vejo um esquema tatico definido e raras são as jogadas ensaiadas. Mudar para o 442 foi uma otima escolha e acho que o Roger só o fez em decorrencia da pressão da torcida, de alguns jogadores e alguns integrantes do clube. Mas, vencer o gremio (quase imortal) foi demais.

    • Márcio Trevisan

      Espero que o RM, Ildebrando, comece a repensar e mantenha o 4-4-2, ainda que disfarçado de 4-3-3.

      Abs.

  10. ANTONIO o VERDÃO

    Grande Márcio!
    boa tarde!

    Como bem dito, se jogar como Palmeiras, ganhará como Palmeiras.
    Não sei se é impressão minha, mas quando o Keno joga o Dudu fica tímido, não corre não dribla e só toca pra trás.
    Não sei se é impressão minha, mas o time ofende mais e é mais objetivo no ataque quando a bola não passa pelo Lucas Lima, haja vista a postura do nosso ataque sem ele jogando contra o São Paulo e contra o Grêmio.
    Não sei se foi impressão minha, mas o Roger Machado colocar o Lucas Lima no momento que vencíamos por 0×1 foi pra dar moral ao cara. No entanto eu pessoalmente achei arriscado, mas a sorte favorece os fortes, pois o Hyoran lançou o cara que pra mim foi a melhor contratação em 2017 e ele é matador. William Dubigode.

    Abraço Márcio.

  11. Assim como mais uma vez comprovaram que lêem o seu site, eles também comprovaram que são sem vergonhas e só jogam quando tão afim pois nada explica a preguiça com que jogaram alguns jogos anteriores, preguiça mesmo de não estar afim de correr, enquanto o torcedor que paga caro no ingresso está ali, esperançoso e botando fé no time. William ontem foi o termômetro de como deve ser um time de futebol, pois como vc disse, perder ou ganhar faz parte, mas entrar em campo e se recusar a jogar não. Vamos ver como vai ser de agora em diante pois assim como fizeram nos primeiros jogos da Libertadores, especialmente contra o Boca, está provado que futebol tem, mas nem sempre eles tão afim. Quero ver quando chegar o grande rival, estou no aguardo, não vou perdoar outra palhaçada. Abraços.

    • Márcio Trevisan

      Ed: nós teremos “eles” pela frente nas quarta da Liberta, é certo.

      E aí não haverá outro jeito a não ser os eliminarmos.

      Abs.

  12. antonio moraes

    boa tarde
    é só juntar raça e vontade de ganhar com a qualidade tecnica que o elenco já tem,
    que dificilmente vamos deixar de ganhar os jogos, contra qualquer adversario.

  13. Grande vitória do Palmeiras. Ei Márcio achei a nota da dupla de zaga meio baixa hem. Os caras deram a vida ontem. Márcio, me diga uma coisa, o primeiro gol do Bigode ontem não lembrou o primeiro gol do Palmeiras contra o Grêmio, feito pelo Mazinho, na vitória de 2 a zero pela Copa do Brasil em 2012? Abraços.

  14. bom dia marcio fui ao jogo cheguei faz pouco dormi em poa minha cidade dista 320km, que belea ficar junto da nossa torcida com frio de rachar mas o calor foi intenso. so o palmeiras nos proporciona momentos assim calamos o treinadorzinho meia boca deles abracos

    • Márcio Trevisan

      Legal que vc tenha ido a Porto Alegre/RS, Canuso.

      Ver o Verdão “in loco” não tem preço.

      Abs.

  15. José Aparecido - Mogi das Cruzes

    *ESSE É O PALMEIRAS QUE EU QUERO*
    Bom dia a todos!
    Os nossos 15 minutos iniciais foram quase perfeitos.
    Só faltou o gol.
    Claro que é impossível jogar com aquela intensidade nos 90 minutos, mas não deixamos a peteca cair.
    Lógico que fomos ameaçados, pois estávamos na casa do adversário e talvez o melhor time do Brasil atualmente.
    Jogamos com vontade, raça, intensidade e não faltou técnica.
    Estão todos de parabéns. Até nossa zaga Luan/TM com o costumeiro “apagão aéreo” se comportou muito bem.
    Sempre fui critico do VL, mas ele está surpreendendo, evoluiu muito, defende melhor que DB. Tomara que continue evoluindo.
    Na minha opinião, apesar de ser uma figura importante para o elenco (claro, se preocupar em só jogar bola) o FM que destoou um pouco, por sua condição física. Tá chegando atrasado nas divididas e parece meio perdido quando nós estamos sendo atacados.
    Mas mesmo se viéssemos com um empate, eu estaria orgulhoso de ser PALMEIRENSE, e com esta vitória então…
    Se jogarmos assim, coisas boas virão.
    Parabéns a todos.

    • Márcio Trevisan

      Vc falou tudo, Zé: se jogarmos assim, até mesmo as derrotas doerão menos.

      O que não é aceitável é jogar como jogamos contra o Cruzeiro/MG.

      Abs.

  16. André Vince

    Que bom vencer como vencemos.

    Mas vale destacar: “(desfalcaram a equipe Antônio Carlos, Edu Dracena, Diogo Barbosa, Borja e Keno)”. Os três primeiros não fizeram e não farão falta caso não voltem. Victor Luis tem jogado bem mais que p titular. Além disso, nossa zaga titular tem falhado demais e os dois que jogaram, apesar de não serem nota 10, pararam um dos ataques mais fortes do país.
    No mais, sacar o Lucas Lima fez bem demais à equipe. Que siga assim.
    Quem sabe com essas mudanças enfim não tenhamos um TIME e não o arremedo de equipe que vínhamos tendo.
    Abraços

    • Márcio Trevisan

      André: não se iluda.

      Quando puder contar com estes cinco jogadores juntos – e isso só acontecerá após a Copa do Mundo, Róger os escalará como titulares.

      Abs.

  17. Ronaldo Laranjal Pta.

    Boa tarde, se jogar com este espirito e jeito como jogou ontem, perdermos sim um jogo aqui outro lá, mas iremos longe na libertadores e brigaremos sim pelo titulo brasileiro, mas tem que manter esta pegada e garra. Avante Parmera.

    • Márcio Trevisan

      Ronaldo: basta que o treinador e os jogadores nunca se esqueçam da forma como o Palmeiras sempre joga.

      Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>