QUE DIA É HOJE: 10.05.2019?

 1952

Há 67 anos nascia, no Rio de Janeiro/RJ, Wanderley Luxemburgo da Silva, um dos melhores técnicos de futebol da história do futebol brasileiro. 

Aliás, em suas quatro passagens pelo nosso clube ele acumulou diversos títulos, dentre os quais se destacam dois Campeonatos Brasileiros (1993 e 1994), quatro Campeonatos Paulistas (1993, 1994, 1996 e 2008) e um Torneio Rio-São Paulo (1993). 

Luxa, como também é chamado, já comandou o Verdão em 367 partidas, obtendo 222 vitórias (60.4%), 80 empates (36.0%) e 65 derrotas (29.2%).

1913

Há 106 anos nascia, em Capitán Sarmiento/ARG, Armando Renganeschi, técnico que comandou o Palmeiras em sua primeira participação na Copa Libertadores da América, em 1961. Naquele ano, o treinador levou o time à decisão do torneio, mas acabou ficando apenas com o vice-campeonato.

Como jogador, Renganeschi foi um zagueiro de pouca qualidade, mas que viveu seus melhores momentos no São Paulo/SP.

O treinador faleceu em Campinas/SP no dia 12 de outubro de 1983, aos 70 anos. 

1981

Há 38 anos, estreava no Palmeiras o craque boliviano Aragonès.

Melhor jogador de toda a história de seu país, Carlos Aragonès Espinoza chegou ao Verdão como a maior esperança para por fim ao jejum de títulos expressivos que, à época, durava apenas cinco anos, mas que já incomodava a torcida.

Sua estreia se deu numa goleada sobre o Marília/SP por 4 a 0, no Palestra, e o novo camisa 10 palmeirense marcou o último dos gols daquela tarde. Naquele domingo, Dia das Mães, o Verdão jogou com Gilmar; Benazzi, Luís Pereira, Polozzi e Pedrinho (Tonigato); Vítor Hugo, Aragonès e Célio; Osni, Paulinho (Reginaldo) e Jorginho. O técnico foi Fedato e os outros três gols foram marcados por Osni, Jorginho e Luís Pereira.

Aragonès, ou o “Pelé da Bolívia”, como é chamado em seu país, ficou no Verdão até 1984. Nesse período, disputou 112 partidas e fez 11 gols.

2 Responses to QUE DIA É HOJE: 10.05.2019?

  1. Paulo Eduardo

    Tempos difíceis desses do Aragonês. Lembro-me quanto eu sofria , torcendo para um time que não era montado adequadamente, de acordo com as tradições. Não havia deixado de acompanhar, ainda que tenha esperado anos e anos para vê-lo campeão, seu lugar.

  2. jose luiz birochi

    Lembro-me muito de Armando Renganeschi no Palmeiras, naquele time que chegou a final da taça Libertadores da America em dois jogos memoraveis contra o Penharol clube de Montevideo ( 1 X 0 Penharol e 1 X 1 no Pacaembu ).Esse time do Palmeiras da epoca sempre nos deixara com muita saudades daquele futebol que infelizmente ja foi embora.
    Quanto ao Gilson Kleina eu o acho muito educado, atencioso, solicito, amigo dos atletas, mas so isso, como treinador eu o acho ainda um tanto imaturo, serve para clubes menores como por exemplo, Mogi-Mirim, Guarani, Juventus, mas para as tradiçoes de um Palmeiras no momento ainda sou mais pelo W.Luxemburgo no momento, mas se nao for satisfazer o bom e barato do tio Mustafa, que venha o Jorginho Cantinflas para o lugar de onde nunca deveria ter saido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>