QUE DIA É HOJE: 10.01.2018?

1960

Há 58 anos, o Palmeiras vencia o Santos/SP por 2 a 1, no Pacaembu, gols marcados por Julinho Botelho e Romeiro.

O resultado garantiu ao Verdão a conquista do Supercampeonato Paulista de 1959.

Confira a equipe que atuou: Valdir de Moraes, Djalma Santos, Valdemar Carabina, Aldemar e Geraldo Scotto; Zequinha e Chinesinho; Julinho Botelho, Nardo, Américo Murolo e Romeiro. Técnico: Oswaldo Brandão. 

 

1965

Há 53 anos nascia o ex-goleiro Zettique entre 1987 e 1989 disputou exatas 100 partidas pelo Verdão. 

 

7 Responses to QUE DIA É HOJE: 10.01.2018?

  1. EMILIO CARLOS

    Zetti o melhor goleiro (tecnicamente) formado nas categorias de base da SE Palmeiras!

  2. Robinson - Poços de Caldas

    Marcio, muito interessante este resgate da história do verdão, eu nasci em 1970 e nunca tive a curiosidade de investigar os detalhes desta linda história, comumente guardamos apenas os eventos marcantes.

    Parabéns

    P.S.: Voce poderia postar algo sobre um lateral do Palmeiras chamado Cesar Pereira que era um excelente cobrador de faltas e se não me falha a memória jogou no final da década de 80?

    • Márcio Trevisan

      Olá, Robinson.

      Peço desculpas pela demora na resposta.

      Agradeço o elogio e informo os dados que tenho sobre César Pereyra:

      Nome: Júlio César Pereyra
      Posição:Lateral-direito
      Ano de Nascimento: 1963
      Local: Canelones/URU
      Estreia: 19.01.1988 – Sel. Serra Negra/SP 1 x 2 Palmeiras
      Despedia:18.05.1988 – Palmeiras 2 x 0 Santo André/SP
      Jogos:18
      Gols: 04

      Abs.

      • Dinho Maniasi

        Bom dia Márcio, na época ouvi nas alamedas que a dispensa precoce dessee uruguaio, excelente batedor de faltas, foi por questões homofóbicas…
        Procede?

        • Márcio Trevisan

          Olá, Dinho.

          Perdoe-me, mas a qual uruguaio você se refere?

          Abs.

          • Dinho Maniasi

            Ola Marcio, bom dia!
            Refiro-me ao uruguaio que o Robinson questionou, o lateral direito Cesar Pereyra..

          • Márcio Trevisan

            Olá, Dinho.

            Perdoe-me pela demora na resposta.

            É a primeira vez que ouço esta versão. Na época, o que se comentou foi que o apego à noite havia sido o motivo da dispensa do jogador que, de fato, vinha muito bem (ainda que o deslocamento da lateral para o meio, em alguma partida, tenha feito seu rendimento cair).

            Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>